Blog

O que fazer em Foz do Iguaçu em 3 dias
O que fazer em Foz do Iguaçu em 3 dias

Compras, natureza, boa comida e conhecer três países de uma só vez! É isso que uma escapada a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, pode trazer em alguns dias de folga. Ainda que seja uma viagem curta, esse é um destino que pode ser muito bem aproveitado!

 

Mas, com poucos dias, é preciso programar e saber o que fazer e quando ir, para aproveitar ao máximo a Terra das Cataratas. Uma dica de ouro aqui é: não coloque Itaipu e Cataratas do Iguaçu no mesmo dia. Esses atrativos ficam em lados opostos da cidade e o deslocamento vai tomar muito do seu tempo. 

Então, para não ter erro, montamos uma sugestão de roteiro para te ajudar nesses dias de descanso!

 

O que fazer em Foz do Iguaçu em três dias

 

Dia 1

 

Manhã - City Tour

Noite - Marco das Três Fronteiras

 

Eu sei que você vai chegar LOUKO para conhecer as Cataratas do Iguaçu, mas posso dar uma outra dica? Faça o City Tour logo no primeiro dia! 


 

Esse é um passeio que vai otimizar sua manhã, porque te leva a conhecer alguns atrativos com um único transporte - e, de quebra, você já vai conhecendo as histórias da cidade. Outra parte muito útil do City Tour em Foz do Iguaçu é que ele ajuda a gente a se localizar melhor na cidade. Você vai entender porque não dá para colocar Itaipu e Cataratas no mesmo dia, por exemplo!

 

Nesse passeio, você terá a oportunidade de visitar a Mesquita Islâmica, o Templo Budista e a Catedral de Nossa Senhora de Guadalupe. Além desses pontos de interesse religioso, o tour também passa por locais históricos da cidade, incluindo a Avenida Brasil, que é a primeira avenida da cidade.

 

Dica importante sobre a Mesquista Islâmica

 

 

Foz do Iguaçu tem a segunda maior colônia árabe do país, o que resultou na presença de duas mesquitas na cidade - uma xiita e a outra sunita. A Mesquita Omar Ibn Al-Khattab, que permite visitação, segue as tradições da religião islâmica. Para entrar na mesquita, não é permitido usar shorts, bermudas, saias ou vestidos curtos. No entanto, não se preocupe, pois na entrada são disponibilizadas roupas e lenços adequados, tornando a visita mais imersiva na cultura islâmica.

 

Próximo à mesquita, você encontrará a Kapadokya Árabe, uma doceria árabe. Vale a pena passar por lá e experimentar as delícias oferecidas.

 

 

Para finalizar o primeiro dia e conhecer um pouco mais sobre a cultura de Foz do Iguaçu, sugerimos o Marco das Três Fronteiras. Este local encantador certamente irá surpreendê-lo com uma vista impressionante do encontro dos rios e dos três países. No Marco das Três Fronteiras, também há um show cultural que conta um pouco sobre as tradições do Brasil, Paraguai e Argentina.

Se estiver com fome, você encontrará quiosques com comidas e um restaurante muito saboroso. E se você é daqueles que adoram levar uma lembrancinha para casa, a lojinha do Marco das Três Fronteiras é linda e cheia de bibelôs.

 

 

 

Dia 2

 

Manhã - Parque das Aves

Tarde - Cataratas do Iguaçu

Noite - Rafain Churrascaria + Show Latinoamericano

 

 

Esse será um dia de muita natureza e boa energia! 

 

Para começar, vamos ao Parque das Aves, um dos principais atrativos de Foz do Iguaçu. Essa é a única instituição no mundo focada na conservação das aves da Mata Atlântica, trabalhando com pesquisa e recebendo animais resgatados do tráfico e, quando possível, devolvendo-os à natureza. O atrativo trabalha, ainda, com educação ambiental e promove ações para recuperar a Mata Atlântica.


 

Nesse passeio, você poderá ver mais de 130 espécies de aves e entrar em cinco viveiros de imersão. Em um deles, mais de 100 araras vão voar por cima de você, transformando essa experiência em algo ainda mais incrível. Além de aves, o Parque também tem um borboletário, répteis e até pequenos macacos. 

 

Se quiser repor as energias antes de continuar, há uma lanchonete e restaurante ao final da trilha. Pausa para almoço apreciando flamingos e outras espécies lindas! 

 

Ao sair do Parque das Aves, praticamente na frente (basta cruzar a rodovia), está o Centro de Recepção de Visitantes (CRV) do Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas do Iguaçu. 

 

 

Para chegar até o conjunto de cachoeiras, embarcamos em um dos ônibus da concessionária que administra o Parque (não é permitido a entrada de veículos particulares; há estacionamento fechado em anexo ao próprio CRV para você deixar seu carro o dia todo ali com segurança) e seguimos 11 km em uma rodovia já dentro da área de preservação (você também pode alugar bicicletas para esse trajeto). 

 

Nossa parada será na Trilha das Cataratas, onde uma caminhada de cerca de 2 horas em meio à Mata Atlântica e com mirantes para as quedas nos aguarda. O ápice do passeio é ao final da trilha, quando chegamos à passarela por cima do Rio Iguaçu até o cânion por onde o rio passa. É aqui que tomamos um banho das gotículas das quedas que lava a alma! É a recompensa merecida depois da caminhada - não é uma trilhada pesada. Tem estrutura pelo trajeto completo, incluindo pontos de parada com banheiros e lanchonete. Porém, é o caminho com escadas. Pessoas com mobilidade reduzida podem sentir um pouco mais. 

 

Se esse for o caso, ao invés de descer do ônibus no ponto da trilha, desça no Ponto Tarobá! É onde está o elevador panorâmico para ver as quedas e tem acesso mais fácil até a passarela. 

 

Apesar do banho das gotículas, você não fica encharcado nas Cataratas do Iguaçu. Dá pra fazer um lanche na praça de alimentação, tomar um sorvete ou comer um açaí (não alimente os quatis) e embarcar de volta ao CRV. 

 

 

E para concluir esse dia, uma noite de show na Churrascaria Rafain, onde podemos assistir ao Show Latinoamericano. Durante o jantar - com uma variedade imensa de comida - apresentações de dança e música de oito países da América Latina tornam o encerramento ideal para seus dias em Foz do Iguaçu não serem esquecidos jamais!

 

 

 

Dia 3

 

Manhã - Compras Paraguai

Noite - By Night Argentina

 

O terceiro dia vai ser para compras! Prepare os documentos para atravessar a fronteira e #PartiuParaguay


 

Documentos aceitos para cruzar a fronteira do Paraguai e/ou Argentina

  • RG, Passaporte ou CNH
  • Menores de idade não podem atravessar desacompanhados, a menos que tenham autorização assinada e registrada em cartório por pai e mãe
  • Carteiras e registros profissionais não são aceitos
  • A cédula de identidade deve estar com o máximo de 10 anos de expedição

 

O indicado é sair cedo! As lojas abrem por volta das 8h (verifique se o horário está igual! Paraguai tem horário de verão) e fecham às 16h, a não ser os grandes shoppings, como Paris e Del Este. 

 

O centro comercial de Ciudad del Este vai exigir atenção! As ruas são compartilhadas com pedestres, carros, motos, ônibus e vans. Então, olhos bem atentos! 

 

Também evite comprar produtos nos camelôs (se você busca mercadorias originais e de marca! Mas essas lojinhas de rua tem umas coisas bacanas por um preço bem baixo, como meias, cobertas, casacos, sapatos, relógios, etc). Se você busca produtos originais, busque as lojas confiáveis e de referência. 

 

 

Para tornar o último dia ainda mais especial, é hora de cruzar a fronteira novamente, desta vez pela Ponte da Fraternidade, e jantar na Argentina, aproveitando a vida noturna local. Essa é uma excelente opção para vivenciar a vida noturna argentina, explorar a feirinha, comprar azeitonas, alfajores e desfrutar de um jantar de alta qualidade com os famosos cortes de carne argentinos, que são inesquecíveis

 

 

 

 

 

Importante: Cota de Compras no Exterior

 

As compras acima da cota de U$500 precisam ser declaradas na aduana da Receita Federal na cabeceira da Ponte da Amizade. Esse valor é individual e não pode ser transferido. Ou seja: se você comprou um total de U$600 e seu amigo, U$400, não pode passar os U$100 excedentes para ele. Você precisa declarar e pagar os impostos desse valor. 

 

Posso declarar no Aeroporto?

 

Não, porque a aduana terrestre foi, digamos, a sua primeira oportunidade para declaração. Se você comprar um celular de U$600 e não declarar na volta ao Brasil, você corre o risco de perder o aparelho na hora de embarcar. Melhor não correr o risco, né?

 

 

Adquira agora mesmo seu PASSEIO EM FOZ DO IGUAÇU

 

E aí, Ainda tem dúvidas? Segue a gente no INSTAGRAM!

Faça sua pergunta estamos LOUKOS para te ajudar!

 

 

Veja também:
Tudo o que você precisa saber sobre as compras no Paraguai